ERA AMOR

14:48



Era 11/09/2016 o dia em que conheci você. Naquele dia, me arrumei de um jeito especial, coloquei o melhor salto e o batom mais bonito. Encontrei com minhas amigas e decidi que àquela noite seria perfeita. Pela primeira vez não saí pensando que poderia encontrar o amor.

Então, entre uma dose e outra de bebida, e uma música diferente a cada volta que eu dava, eu esbarrei em VOCÊ. Seus olhos claros fitaram os meus, e você não queria deixar que eu saísse da sua frente. Consegui convencer você de que mais tarde a gente ainda se encontraria, e que o que eu mais queria era só ficar dançando com minhas amigas. Mas você não desistiu tão fácil, quando nos encontramos novamente no segundo andar da balada, o beijo aconteceu!  

Tinha tudo para ser apenas um beijo de balada, mas você pediu meu número e me mandou mensagem no dia seguinte e assim continuou. Eu aceitei sair com você outras vezes, sua sinceridade me ganhou, só que eu deixava claro para você e também na minha mente que aquilo não poderia virar amor. Você é um pouco mais novo do que eu, e talvez nossos projetos de vida não se coincidissem tão bem assim. A gente às vezes ainda se encontrava, conversava nas redes sociais, eu contava da minha vida pra você e você me falava da sua também. Mas eu continuava negando pra mim mesma que não era amor.


Talvez eu tenha te magoado em um episódio que aconteceu em 20/01/2017, quando estávamos na mesma festa e você me viu beijando um cara. Desculpa. Eu me arrependo tanto disso. Não sei se você acreditaria, mas eu só fiz isso porque senti ciúmes quando vi você conversando todo alegre com outra menina em um canto. Sabe aquela besteira de não querer ficar por baixo? Pois é, eu cometi. Porque no fundo eu sempre negava que não era amor que eu sentia por você. Não poderia ser.


Depois desse fato, eu senti que as coisas mudaram um pouco entre nós. Portanto, eu ainda sentia que existia algo que nos conectasse e, por isso, não poderíamos deixar o nosso contato se perder. Um dia você postou uma foto no seu status do Whatsapp com uma menina, e eu pensei que você estivesse namorando, quando me dei conta, lágrimas rolaram constantemente no meu rosto e eu não conseguia entender o porquê. No fim, você não estava namorando e ela era apenas sua amiga.

A vida foi seguindo, nosso contato ainda continuava. Até que chegou dia 02/09/2017. O dia em que eu estava numa situação na qual queria me livrar o mais rápido possível. E eu só conseguia pensar em você para me salvar, só pensava em como eu queria estar com você em instantes, apenas com você. 

Você não poderia ir me encontrar, pois eu estava há quilômetros de distância. Mas você respondeu minha mensagem e ficou falando comigo o tempo que foi necessário, sendo a pessoa mais sincera e amorosa do mundo. Naquele momento eu percebi que era AMOR.

Foi amor esse tempo todo, e eu só quis me enganar. Acho que eu até me declarei para você quando percebi isso nesse dia, mas era tarde demais. Não vou falar que eu perdi você, porque não tem como perder algo que nunca te pertenceu. Mas eu perdi a chance de ter tentado alguma coisa mais séria e sincera no passado, quando o que eu mais sabia fazer era negar meus sentimentos, por medo de ter meu coração partido em mil pedaços novamente.

Agora eu já sei, é melhor tentar e falhar, do que não tentar e se dar conta que realmente era amor.

“E a parte de você que sobrar vai me acompanhar... Eu vou deixando um pouco em cada mesa que eu sentar...” (Matheus & Kauan - Oitava Dose)

Autoria: Maria Isabel
   




You Might Also Like

0 comentários