TUDO BEM, PODE IR.

16:20

    E nós acabamos.
E não, eu não implorei para que você ficasse, apesar de toda dor que fazia meu peito arder. Não, eu não gritei pedindo pra você mudar de ideia. Não, não surtei ou me culpei pelo nosso fim, doeu por você ter feito parte de parte da minha vida, doeu por ter sido o meu primeiro amor, o que segurou a minha mão e me ajudou a caminhar em um caminho totalmente novo.
Doeu por ser o fim.
Eu te deixei ir pois você não era uma propriedade minha, você fez parte da minha história, me marcou e quando quis ir, te deixei. Eu te deixei pois sabia que duramos o tempo que tínhamos que durar, e que apesar dos machucados que adquirimos ao longo do percurso, nós dois fomos muito felizes juntos, mas chegou o momento de cada um buscar a sua felicidade. sozinho. A vida sempre continua, e é como um rio que faça chuva ou sol, continua com suas águas correndo, cabe a gente aceitar que nem tudo está ao nosso controle.
Então tudo bem, vai, pode ir, a gente se ver por ai.




You Might Also Like

0 comentários