O TEMPO DA FELICIDADE

17:02













O sol havia se escondido
por tantas semanas,
que até esqueci
o calor que preciso
manter vivo na minha alma.
Eu não era mais feliz do que agora sou
há um mês atrás,
nem há dois, três, quatro meses,
menos ainda nos seus braços
eu só era mais esperta
sabia como, a felicidade
encontrar.
Acho que fiquei tão presa nessa história
do quão feliz eu era lá
naquele tempo
que estava esquecendo que
a felicidade é o agora.
É a minha força de vontade
é a energia que pulsa no sangue
que me incentiva a incendiar.
É a próxima esquina
a próxima vibe
a próxima pessoa
que vai me encontrar
e encantar.
É a chuva que me ensinou
a relaxar
ou o céu azul gritante
que me revela
o quanto é bom amar.
A felicidade está no tempo
está derretendo sobre os meus dedos
e eu posso escolher se eu a quero
ou a deixo escapar.
Ela foi, por certo pedaço de tempo
a sensação boa
que eu sentia
quando estava você.
Você mostrou um caminho fácil
que se tornou cômodo
de como segurá-la
quando partiu foi como se
tivesse a arrancado de mim.
Mas isso é impossível,
porque a minha felicidade
nunca
em hipótese alguma
há de ter sido
você.


Eu só achei que fosse.





You Might Also Like

0 comentários