O NOSSO REENCONTRO

14:15


E quantas vezes eu desci na mesma estação para ver se seu cheiro ainda estava por ali? Em várias ocasiões eu achei que o mesmo vento que nos uniu iria te trazer de volta. Eu quis tanto acreditar que você não passasse de um sonho. Fechei e abri os meus olhos infinitas vezes. Acabei me dando conta que você nunca foi um sonho, aliás a sua ausência me causava dor. Era uma dor real de saudade, uma dor que contava os minutos para ver você voltar, pelo menos mais uma vez. 
 A esperança de ter você de volta diminuía a cada dia. Quando você já não atormentava tanto minha mente e meu coração, eu acabo esbarrando sem querer com você na estação que eu jamais pensei que poderia te encontrar. Logo na que fica próxima da minha casa. Se algum autor de novela estivesse precisando de uma cena de reencontro, a nossa seria perfeita. 
 Então, depois de um ano e meio o destino colocou você novamente bem na minha frente, meu menino do interior. Eu achando que você estava tão longe de mim, quando na verdade estava tão perto. Eram tantas coisas para te dizer naquele momento, mas resolvi me calar e ouvir apenas a sua voz. 
E agora o que fazer? Não sei; e talvez eu nem faça questão de saber. Confesso que mesmo depois de tanto tempo, você ainda mexe comigo. Por isso, só quero agradecer ao céu pelo reencontro e pedir que o nosso infinito seja eterno.




You Might Also Like

0 comentários