EU MUDEI

23:52

    Ô meu bem, eu sei, eu juro que eu sei. Eu era diferente, muito por sinal. Eu descomplicava, eu não complicava. Eu resolvia, não protelava. 

Mas é que as coisas mudam
, segundo você. E aí, um dia, eu mudei.

Virei uma incógnita, e eu sei, juro que eu sei, é horrível. Mas eu bem que me virei, desvirei, revirei, e só piorei. É que eu tinha sonhos, compreende? Eu fazia planos, eu criava falas, eu vivia em outro mundo Eu sei, eu juro que eu sei, eu era bobinha, eu era uma acreditadora de mim mesma,e sobretudo, de nós dois.
  Mas acho que minhas crenças foram se desfazendo junto com os planos, com os papéis que foram
 rasgados e jogados fora, direito na lixeira. 

  Mas deve ser normal, virar uma metamorfose ambulante. Deve ser normal mudar e mudar e mudar, e remudar.
   Mas é que cansa, não é? Cansa a gente, mas 
cansa o nosso amor, acima de qualquer outra coisa possível de se cansar. 

  E quando cansa, ah, quando cansa, vira um desastre. 
  Igualzinho a mim.
  Eu sei, eu
 não era um desastre, eu era a solução pra todos os nossos desastres, mas aí um dia, eu caí, e caí, e continuei nessa queda. Virei um buraco, cheio de problemas, complicações, desastres, mudanças, dúvidas, e medos em abundância. Nem parece que eu já tirei todos os seus medos, todas as suas dúvidas, e todas as suas aflições. Nem parece que um dia, eu servi pra alguma coisa, a não ser me auto-desastrar. 

   É um delírio, é uma convulsão vinte e quatro horas. Mas é a vida, fazer o que. E no momento, ela ta trabalhando bem em me desestruturar.
    Mas até isso muda, segundo os astrólogos, segundo a tevê que todo ano, cria um monte de promessas. Então, quem sabe, um dia isso muda.Um dia eu viro meiguinha de novo, acredito de novo, descomplico de novo. Ou não, quem sabe um dia, viramos algo novo
  Quem sabe um dia, meu bem, encontremos uma forma de juntar essas malditas células defeituosas. Eu sei, eu juro que eu sei, por mais frustradas que forem nossas mudanças, um dia será pra sempre.

You Might Also Like

0 comentários