COMO FOI QUANDO EU COMECEI A ESCREVER

15:06


    Resolvi escrever esse post porque vejo muita gente perdida quando o assunto é a escrita. Eu frequento alguns grupos no facebook, e vejo muitos escritores iniciantes procurando dicas ou querendo uma fórmula secreta para começar um livro ou até mesmo um único texto.
    No meu caso, tudo veio naturalmente, eu era criança e a imaginação já se desenrolava inteira na minha cabeça. Era só pegar um papel e uma caneta e pronto, não largava mais. Tive a época dos desenhos, quando ainda não sabia como escrever o que eu queria expor. Desenhava um monte de coisas que significavam exatamente o que eu sentia/pensava em determinadas situações.
    Mas foi questão de tempo até eu começar a escrever de verdade. Começava com contos pequeninos, músicas, poemas, e até que comecei a me apaixonar de verdade pelo que eu fazia. Escrever se tornou um hobbie pra mim, mas era de fato o meu momento preferido do dia.
   Não tinha fórmula secreta, não havia uma receita, dicas ou qualquer coisa, só dependia de mim. Eu começava a colocar em palavras o que me vinha na cabeça, e com o passar dos anos, se tornou a melhor forma que eu encontrei para me expressar. 

    Comecei a criar diários (mas nunca terminei nenhum deles), depois acabei parando nas redes sociais com textinhos pequenos, criei inúmeros blogs até chegar nesse aqui. Duvidei muito da minha capacidade antes de aceitá-la como parte de mim. Tentei mil projetos diferentes para livros (mas finalmente agora estou colocando-os em prática) e aí, virei colunista da Isabela Freitas, uma das escritoras que eu mais admiro.
     Ou seja, foi incrível quando eu me permiti entender que isso era algo que eu amava. 

   Acredito que todos nós tenhamos algo no mundo que nos faça sentir diferente, para mim, sempre foi escrever. Para alguns, é a música. A questão é, forçar o desenvolvimento ou o seu processo criativo não adianta muita coisa. Pelo menos, não para mim. Se não tiver amor e um pedacinho da sua alma ali, não é arte.
    Eu resolvi pensar que eu nasci assim. A arte não foi criada enquanto eu tentava não pisar nos cacos. Eu saí fazendo e aflorou até o ponto de não conseguir mais largar por nada no mundo. Essa vontade sempre esteve dentro do meu ser. 
     Acho que o segredo disso tudo, é descobrir o que te faz sentir completo, o que te define, o que te faz expressar quem você é e o que você quer. Se você ainda não sabe, experimente. Foi experimentando que eu achei o que me faz feliz, você também pode achar.
     Pode ser através da fotografia, de instrumentos, de um pincel... Basta dar uma olhadinha dentro de você e descobrir
































You Might Also Like

1 comentários

  1. Ameeeeeei!!
    Muito!!
    Acho que é tudo meio assim mesmo.
    Tá tudo dentro da gente, não existe fórmula.
    É só deixar fluir...

    ResponderExcluir