ME SINTO LINDA COMO SOU

21:57


      Há três dias atrás eu me deparei com um post no instagram que me fez pensar. A dona da foto era Manu Gavassi, uma cantora teen brasileira que tem mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais. Em uma montagem polêmica em que ela colocou a sua própria capa para a revista Vip e uma outra foto de um ensaio feito em casa, Manu criticou os padrões da beleza inatingível com um texto inspirador e sincero completamente aberto para os fãs.
     A revolta da cantora foi exposta de uma forma corajosa, após as edições feitas na capa da revista para a qual ela havia posado. No texto ela diz que modificaram tanto o seu corpo e o seu rosto, que ela nem ao menos se reconheceu. Com a hashtag "me sinto linda como sou" e as fotos de um ensaio realizado sem edições e com pouquíssima maquiagem, ela contou como a aceitação do próprio corpo foi importante na sua vida.

      "Venho lançar a minha VIP fazendo uma crítica. Sim, estou boicotando minha própria capa porque quase não me reconheci com tanto photoshop. Não pareço uma garota real, pareço um boneco de cera. E se era pra eu me sentir bonita, poderosa e natural em uma capa dessas, eu me sinto o contrário. Desde criança nós meninas somos submetidas a uma chuva de padrões de beleza, eu mesma não me aceitei por muito tempo. Por isso, penso que como modelo para o público jovem e com mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais, se eu não puder falar abertamente que esse tipo de padrão é uma mentira, é irritante e fora de moda, então não sei pra que eu tenho voz, nem seguidores. Foi por conta dessas pessoas que resolvi me posicionar quando fui questionada sobre porque estou tão diferente na capa, e recebi em poucos minutos mais de 3 mil fotos no Twitter de meninas, meninos, mulheres, transexuais, homens, drag queens, com a hashtag #MeSintoLindaComoSou. Fiquei honrada de poder saber um pouco mais da história dessas pessoas incríveis. Pensando nisso e na Manu Gavassi de 15 anos que se sentia um patinho feio, e olhando agora essa minha capa, resolvi fazer o meu próprio ensaio sensual com uma fotógrafa que além de ser uma das minhas melhores amigas é uma das mulheres que mais admiro @maqui.nobrega. Fotografamos na minha casa, de manhã, com pouca maquiagem e sem retoque nenhum, do jeito que me sinto mais linda e confiante (foto da direita) bem diferente da robô editada tentando ficar confortável em um maiô, sem poder de escolha sob sua própria imagem, como na foto da esquerda. Isso não é ser linda e sexy. Pra mim ser linda é acordar descabelada e se amar, é amar suas curvas e seus ossinhos, ser linda é sorrir sem motivo, é ser feliz, é não precisar impressionar ninguém nem se desesperar pra se encaixar em padrões surreais, é ser inteligente. É ser especial com seus defeitos e qualidades. É ser você. Você tem o direito de se sentir linda. Depois de anos sofrendo pra que a minha imagem agrade as pessoas e a mim, anos tentando ser parecida com capas de revista, percebo que ser linda e sexy na vida real é o oposto disso. ❤️#MeSintoLindaComoSou" escreveu ela.


        
Eu achei muito importante divulgar isso aqui no meu blog, pois foi um movimento que realmente me fez sentir que ainda existem pessoas que utilizam de seu poder e sua voz nas redes sociais para propagar o amor e a verdade. Muitas meninas e meninos sofrem todos os dias tentando atingir uma beleza irreal exatamente por culpa das revistas e programas de televisão que fazem parecer que existe um padrão ideal e que ele deve ser seguido. Exaltam modelos e personalidades famosas como se tais não fossem nem humanas e isso deve parar já!
    O primeiro passo para ser feliz é se aceitar como você é, seja gordinho ou magrinho, com estrias ou celulites, cabelos cacheados ou lisos. O padrão ideal é a felicidade e você jamais irá atingí-la se focar os seus esforços em algo que não seja você mesmo.
   Manu foi corajosa o suficiente para mostrar que se sente linda exatamente como é. Espero que todos nós consigamos ser também, por mais que seja difícil. 

    Me sinto linda como sou, humana.
   































  

You Might Also Like

2 comentários

  1. Posso dizer que estou apaixonada pelo seu blog? Sim, ganhou uma leitora fiel! Procurei a caixinha de seguir aqui mas não achei e segui lá pelo blogger mesmo :D
    Amei o seu texto e acho que muitas gurias deviam lê-lo!

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Irianne! ♥ Que bom que gostou! Volte sempre!

    ResponderExcluir