MAIS AMOR, POR FAVOR!

11:24


     Vocês já perceberam que o mundo virou ao contrário? Os valores e os ensinamentos que eram passados por todas as gerações simplesmente se perderam. Vocês já pararam para olhar em volta e notar que ninguém mais distribui abraços por aí? Que os beijos são mecanizados? Que os olhares na mesa do jantar estão direcionados ao celular, ao invés do seu parceiro? Pois eu já. Aliás, quem sou eu para falar? Eu mesma deixei de olhar as flores para olhar o WhatsApp.
   Mas hoje quando eu acordei, me deparei com uma situação chocante. Afinal, é difícil acordar atualmente e não receber uma notícia triste pelos noticiários, não é? É gente morrendo em corredores de hospitais sem o mínimo atendimento, gente matando pelo simples prazer de acabar com uma família e gente distribuindo ódio com palavras e ações no meio da rua ou nas próprias redes sociais.
   Eu ia falar sobre o racismo, sobre o machismo, sobre a transfobia, homofobia, gordofobia e tantos outros preconceitos que ainda somos obrigados a presenciar. Mas eu quero que pelo menos nesse post, a gente resolva falar um pouquinho sobre o amor que está em falta nas ruas movimentadas em que passamos para ir trabalhar ou estudar.
   Gente, eu juro que não é tão difícil assim dar "bom dia" pro porteiro e agradecer o café ao atendendente da lanchonete. Não é difícil desapegar do rancor e abrir um espaço para que a felicidade finalmente entre e preencha seu corpo com luz. Com pequenos atos diários de amor, quem sabe um dia você não começa a amar de graça? Amar é a melhor coisa do mundo. Imagina só, se todo mundo amasse todo mundo?
  Imaginem só um mundo sem guerra, sem tapas, sem brigas. Um mundo em que ser você já não fosse razão suficiente para alguém rir pelas suas costas e te criticar enquanto você passa na rua. Que lindo que ia ser poder praticar o amor ao próximo. Vocês sequer já pensaram que se todo mundo desse as mãos, ninguém mesmo iria acabar com o seu dia?
   Eu percebi que o problema aqui entre nós está tão grave, quando só de imaginar isso, percebi que é surreal. Deveria ser surreal imaginar um mundo em paz?



MAIS AMOR, POR FAVOR! 

You Might Also Like

0 comentários